Cobertura

União de cinema e esporte faz professor do RN ganhar Prêmio Professores do Brasil

Alison Pereira reservou um bimestre para trabalhar com seus alunos dois temas que parecem distantes, mas que podem se completar: esporte e cinema

Professor de Educação Física do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), Alison Pereira Batista reservou todo um bimestre de 2016 para trabalhar com seus quase 140 alunos dois temas que parecem distantes, mas que podem muito bem se completarem: o cinema e o esporte. O resultado? Alisson foi um dos vencedores do Prêmio Professores do Brasil na categoria Esporte como Estratégia de Aprendizagem.

Luz,Câmera, Ação! começou graças à ideia e parceira que Alison teve com Rafael Goes, também professor de Educação Física no estado do Rio Grande do Norte. “Trabalhamos juntos na IFRN, na área de ensino de esportes, e ele tinha essa pesquisa, da qual queria desenvolver um estudo do conteúdo esportivo, a partir da linguagem cinematográfica. Buscamos novas formas de ensinar Educação Física, testamos e construímos juntos essa experiência.”

Os alunos que participaram deste projeto são de quatro turmas do 2º ano do Ensino Médio, com idade entre 15 e 18 anos. Durante os nove encontros promovidos pelo projeto, eles retrataram a valorização de temáticas sociais, como desigualdade de gênero, racismo, doping, inclusão, superação, dentre outras, por meio do esporte e do cinema.

Além de entenderem mais sobre esportes fora do padrão que estavam acostumados na escola, os alunos aprenderam conceitos básicos do cinema, como planos, script, roteiro, filmagem e edição e produziram um curta-metragem. “O projeto em si foi muito bom, nós pudemos usar o cinema e o esporte como parceiros, e sabemos que estes dois temas são muito importantes na comunidade”, explicou o professor.

A busca pela inovação e novas formas de aprender e ensinar foi o que movimentou os alunos e o professor a se entregarem de corpo e alma a esse projeto. “Por mais que o cinema seja muito utilizado na educação como um todo, ele pode nos ajudar, quanto professor de Educação Física, a trazer mais elementos educacionais importantes para os nossos alunos”, relatou.

Você sabia que filmar não é apenas pegar um celular e apertar o “gravar”? Para fazer um bom vídeo é preciso cumprir algumas etapas ante de partir para a ação. Em uma aula especial, o curso Produzindo Vídeos, do Impulsiona, você pode ver dicas simples para trazer mais qualidade aos seus vídeos. Clique aqui, faça seu login ou cadastre-se e baixe o material.

Alison é ganhador da categoria Esporte como estratégia de aprendizagem do Prêmio Professores do Brasil, realizado pelo MEC com o apoio do Impulsiona Educação Esportiva.

Deixe seu comentário

0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *