Cobertura

Principal tenista do Brasil, Bia Haddad exalta professoras de Ed. Física: “Me apoiaram”

“A Educação Física com certeza foi muito importante na minha formação", destacou Bia

Com 21 anos, Bia Haddad Maia é a principal tenista de simples do Brasil na atualidade disputando o circuito internacional. Número 64 do mundo, a jovem vem se destacando nos últimos torneios. No ano passado alcançou seu melhor desempenho no ranking mundial (58º), e nesta terça-feira estreou com vitória no Master 1000 de Miami sobre a britânica Heather Watson.

Influenciada por sua mãe, Laís Haddad, a paulista começou a jogar tênis com apenas 4 anos, e aos 13 já havia decidido que seguiria uma carreira profissional. Nas aulas de educação física na escola, suas professoras também faziam questão de incentivar. Diziam que ela grande e forte, tinha habilidade para o esporte e ainda davam uma forcinha quando ela precisava faltar aulas para participar de campeonatos.

“A Educação Física com certeza foi muito importante na minha formação. Lembro que sempre gostei. Sempre fui muito competitiva. Lembro das minhas professoras e acredito que elas ainda estejam lá no colégio que estudei. Acho que eram as únicas professoras que me liberavam e me apoiaram. Entendiam que eu já gostava muito do esporte e gostava de competir”, lembrou.

O tênis é um esporte que à primeira vista parece ser individual. Mas o que muita gente não sabe é que, por trás de todo atleta, há um time de especialistas que trabalham diariamente para melhorar seu desempenho. Trabalho em equipe é essencial. Além disso, existem diversos outros valores atrelados à essa modalidade.

“Os valores que enxergo no tênis são o respeito e acreditar sempre no trabalho em equipe. Saber que dentro da quadra você se entrega, você dá seu melhor, mas sempre vai ter um vencedor. Saber lidar com a derrota. Saber lidar com os momentos de pressão. Hoje, nós jovens, queremos que tudo aconteça muito rápido. E tem que ter paciência. Tudo tem seu tempo. ”

Beatriz Haddad Maia sempre esteve inserida no meio dos esportes, e o gosto por diferentes modalidades é uma herança familiar. Sua mãe é professora de tênis, e seu pai, Ayrton Maia Filho, foi jogador de basquete assim como o avô. Para ela, uma forma de melhorar as aulas de educação física e mobilizar os alunos é enxergar o esporte com outros olhos.

“O que poderia melhorar é o conjunto. Não é culpa do colégio, do professor ou das crianças. Acho que tem um pouco de responsabilidade da diretoria e dos coordenadores de abrir a cabeça das pessoas também. O esporte abre portas. O esporte pode te dar oportunidades  de fazer uma faculdade fora, pode ganhar bolsas, pode virar um treinador. Tanto a parte da diretoria e dos professores, precisam enxergar o esporte como uma profissão. Do nosso lado, das crianças e jovens, temos que ir para aula de Educação Física buscando melhorar sempre”.

Leia Mais: Inspirado pelo Impulsiona, professor do interior de São Paulo promove festival de atletismo

Depois de algumas lesões e alguns anos fora do radar, Bia está 100% focada. Quer ganhar cada vez mais experiência contra jogadoras que estão no top 10 do ranking mundial e somar cada vez mais vitórias nos WTAs e Grand Slams. Para ela, os resultados são consequência de muito trabalho, e uma vida saudável rodeada de pessoas que gosta. Considerada uma das melhores tenistas brasileiras na atualidade, está pronta para lidar com a pressão, mas lembra que ainda é jovem e tem muito a aprender.

“Me sinto feliz ser exemplo para jovens que querem ser tenistas profissionais. Claro que eu ainda sou jovem e almejo, e sonho e me comparo com jogadores que são mais experientes e mais velhos no circuito. Olho muitas meninas jogarem e também me espelho em muita gente. Acho legal quando a gente tem isso e se eu puder ajudar de alguma forma é muito feliz. Fico feliz se eles evoluírem se espelhando. ”

Que tal ensinar tênis e também ser um influenciador na vida de tantos jovens. O impulsiona te ajuda! Inscreva-se no nosso curso Impulsiona Esporte Tênis!

Deixe seu comentário

0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *