Cobertura

O que você gostaria de saber sobre educação física escolar e ninguém nunca te falou

Educação Física Escolar é fundamental para a formação do indivíduo como um todo, trabalhando todas as suas competências

É muito importante realizar atividades físicas e ser uma pessoa ativa, e todo esse movimento precisa começar numa das mais importantes fases do ser humano: a infância. A Educação Física Escolar entra em nossa vida assim que começamos a estudar regularmente numa escola, e quando aliada à educação moral e intelectual, é fundamental para a formação do indivíduo como um todo, trabalhando todas as suas competências socioemocionais.

Mais do que uma disciplina complementar, a Educação Física tem características próprias e importantes. Segundo os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs), ela deve ser constituída por três partes: Jogos, ginásticas, esportes e lutas são a primeira parte, em que vemos o básico dos esportes que são realizados nas escolas. Logo após, temos as atividades rítmicas e expressivas, como a dança por exemplo. E por fim, os conhecimentos sobre o corpo, que envolvem noções básicas sobre anatomia e até mesmo reflexões sobre como diferentes culturas lidam com o corpo.

Mais do que deixar as crianças com uma bola, essa é uma disciplina importante e, por isso, separamos alguns pontos sobre Educação Física que você precisa saber:

• Ela insere, adapta e incorpora o aluno no saber de seus movimentos, ou seja, é uma forma dos alunos se conhecerem;

• Ela é um complemento para a educação intelectual e moral nas escolas, instigando os alunos a opinarem e se posicionarem em relação ao seu corpo e o seu papel na sociedade;

• Capacita a pessoa a desenvolver-se de maneira pessoal e em grupo;

• É uma importante ferramenta para ensinar as crianças a assimilar regras;

• Estimula o respeito mútuo, dignidade e solidariedade com o próximo;

• Melhora a autoestima, contribui para a expressão pessoal e reduz o estresse e pressão do dia a dia;

• Reduz o risco de doenças como obesidade, hipertensão arterial, colesterol e doenças respiratórias.

Já imaginou tudo isso sendo trabalhado com seus alunos em sala de aula? Saiba como aqui.

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever-se  
Notificação