Cobertura

Descubra como são escolhidos os esportes dos Jogos Olímpicos

Modalidades precisam cumprir série de requisitos para entrar na lista oficial da competição

Os Jogos Olímpicos se tornaram a maior competição esportiva do planeta. Com mais de 10 mil atletas competindo a cada quatro anos, é natural que muitos esportes queiram fazer parte desse evento. Mas como será que são escolhidas as modalidades Olímpicas? Por que o futebol, por exemplo, faz parte do programa, mas o futsal não? Descubra a resposta agora!

O primeiro passo

Antes de tudo, o esporte precisa ser reconhecido pelo Comitê Olímpico Internacional. Nesse momento, ele passa a ser organizado por uma Federação Esportiva Internacional (como a FIFA, que administra o futebol, por exemplo).

Jogo Limpo

A Federação Internacional do esporte em questão precisa se comprometer com dois movimentos importantes: o código antidoping e a Carta Olímpica. O primeiro existe para que atletas não usem substâncias ilícitas que melhorem o desempenho nas provas. O segundo tem como propósito estabelecer os princípios e valores do Movimento Olímpico.

Popularidade

O Comitê Olímpico Internacional pode reconhecer uma atividade como esporte, mas isso não significa que ela vai ser inserida no programa dos Jogos Olímpicos. Para isso, é necessário preencher uma requisição oficial. E não são todos os esportes que podem fazê-lo. É obrigatório que homens de ao menos 75 países em 4 continentes e mulheres de 40 países em 3 continentes pratiquem frequentemente a modalidade.

Motores e esportes “mentais” são proibidos

Atividades com propulsão mecânica não podem entrar nos Jogos Olímpicos. Então, apesar do automobilismo ser reconhecido como esporte, não possui os critérios para participar da competição, já que os carros são movidos a motores. O mesmo acontece com os mind sports, esportes da mente, como o xadrez.

Quem vai sair?

Para que um esporte entre nos Jogos Olímpicos, alguma modalidade precisa sair. O Comitê Olímpico Internacional está sempre revisando a lista de esportes, analisando quais podem render mais engajamento com os fãs e, é claro, investimento de patrocinadores ou da mídia. Por isso, há um esforço político por parte das federações internacionais para manter seus esportes na competição.

Em 2020, o COI permitiu pela primeira vez na história que o Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de Tóquio incluísse novas modalidades sem a exclusão de nenhuma – veja quais são abaixo. Porém, os novos esportes são exclusivos do Japão, e não deverão ser repetidos na próxima edição Olímpica.

Novas gerações

O interesse das novas gerações nos Jogos Olímpicos tem reduzido. Para reverter essa situação, modalidades como surf, por exemplo, ganham espaço na competição porque atraem os mais jovens. Os jogos eletrônicos, e-sports, também são alvos de polêmicas. Eles fizeram sua estreia em uma grande competição internacional nos Jogos Asiáticos de 2018, na Indonésia, e a arena estava lotada com a garotada fã de videogames. Mas jogos eletrônicos podem ser considerados esportes? O Comitê Olímpico Internacional diz que sim.

Por que o futsal não faz parte dos Jogos Olímpicos?

Voltamos à pergunta inicial do texto. A resposta não-oficial, comentada nos bastidores do esporte, é que a exigência do Comitê Olímpico Internacional para incluir o futsal é que a FIFA permita atletas com mais de 23 anos de participarem dos Jogos Olímpicos. No entanto, a FIFA entende que essa decisão iria diminuir a importância da Copa do Mundo. Outro fator é que o Mundial de futsal é disputado nos mesmos anos dos Jogos Olímpicos, e a FIFA não estaria disposta a alterar a data. O esporte possui todos os critérios para fazer parte da competição, mas esse embate político impediria a sua entrada.

Novos esportes em Tóquio 2020

Os Jogos Olímpicos de Tóquio vão trazer seis novidades. Caratê, skate, escalada e surf vão participar pela primeira vez da competição. Baseball retorna aos Jogos junto da sua versão feminina, o softball. Outra estreia importante dentro do esporte basquete é a disciplina 3×3.

E aí, professores, tem algum esporte que vocês gostariam que fizesse parte dos Jogos Olímpicos? Deixe o seu comentário!

BNCC na Prática: do currículo à sala de aula

Deixe seu comentário

7 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Avatar Denise Pirolo disse:

    Fiquei curiosa para fazer qual definição que o COI tem sobre o termo esporte. Tenho um pouco de dificuldade em entender como esporte atividades que não se caracterizam prioritariamente de movimento corporal.

    1. Avatar Impulsiona disse:

      Denise, nós também ficamos curiosos! Tentamos encontrar uma definição oficial do COI, mas eles evitam esse tipo de afirmação. O conceito acaba ficando bastante subjetivo, né?

  2. Avatar Eduarda disse:

    maratona de canoagem

  3. Avatar Adriano disse:

    Floorball! Já tem o reconhecimento do COI.

  4. Avatar Gabriela Trindade disse:

    Fiquei curiosa para saber quais esportes saíram para esses 6 entrarem!1

  5. Avatar Marcos Paulo Cruz de Carvalho disse:

    Olá gostaria que o Frescobol fizesse parte dos jogos olímpicos.

  6. Avatar Felipe disse:

    Tchoukball, corfebol