Cobertura

Importância da Educação Física no desenvolvimento da coordenação motora

Quanto mais complexa a atividade, maior o grau de coordenação necessária para eficácia do movimento

A coordenação motora é definida como a capacidade de usar, de forma eficiente, os músculos do corpo e obedecer os comandos que o cérebro envia ligados aos componentes de aptidão motora como: equilíbrio, velocidade, agilidade, força e resistência. Quanto mais complexa a atividade, maior o grau de coordenação necessária para eficácia do movimento. Pular, correr, andar, saltar ou realizar tarefas que exijam maior habilidade, como segurar um lápis, bordar, desenhar, recortar, tudo isso exige de nós coordenação motora.

Alguns sistemas do corpo humano participam diretamente do desenvolvimento da coordenação motora, como o sistema muscular, sistema esquelético e sistema sensorial. Com a interação desses sistemas, obtêm-se ações e reações equilibradas, e a velocidade e a agilidade com que a pessoa responde a certos estímulos medem a sua capacidade motora.

É possível classificar a coordenação motora de duas formas: coordenação motora grossa e a coordenação motora fina.

Na coordenação motora grossa, verificamos o uso de grupos de músculos maiores e o desenvolvimento de habilidades como correr, pular, chutar, subir e descer escadas, que podem ser desenvolvidas a partir de um plano sistemático de exercícios e atividades esportivas. Quando se tem deficit nessas habilidades, verificamos dificuldades, por parte principalmente de crianças, em praticar atividades esportivas, o que acaba causando baixa autoestima.

Na coordenação motora fina, verificamos o uso de músculos pequenos, como os das mãos e dos pés. Ao desenhar, pintar ou manusear pequenos objetos, a criança realiza movimentos mais precisos, delicados, e desenvolve habilidades que a acompanharão por toda a vida.

É possível observar o desenvolvimento da coordenação motora de um indivíduo desde cedo. A criança responde aos estímulos de várias formas e cabe ao professor, nas primeiras séries, trabalhar a motricidade da criança. As aulas de educação física são uma ótima forma de estimular o aperfeiçoamento da coordenação motora com jogos, brincadeiras lúdicas, atividades esportivas.

Com objetivo de estimular o uso do esporte como ferramenta educacional, o Impulsiona auxilia o professor nessa missão. Com os cursos de esportes, o professor de Educação Física aprende novas maneiras de introduzir modalidades que vão trabalhar a coordenação motora de forma divertida. Clique e inscreva-se nos nossos cursos!

Deixe seu comentário

2 comentários

Deixe uma resposta para William Barboza de lima Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Avatar Gabriel junqueira disse:

    Gostei muito da explicação,tirei 10 no meu trabalho,amei!!

  2. Avatar William Barboza de lima disse:

    Mande uma boa galera